Pages

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Campanha do PSB usa até a Fundarpe para cooptar prefeito do PTB


O prefeito de Camocim de São Félix, Uilson de Moura França, do PTB, denunciou neste domingo (25), durante a plenária do Pernambuco 14, em Palmares, que foi assediado por integrantes do Palácio do Campo das Princesas e da Fundarpe para aderir à pré-candidatura do PSB ao Governo do Estado.

Aliado de Armando Monteiro, que é pré-candidato pelo PTB, Uilson disse que foi procurado por integrantes da equipe do governo estadual, que ofereceram compensações para que ele apoiasse Paulo Câmara. “Eles perguntaram qual a obra dos meus sonhos para poder votar neles. Eu disse que a obra dos meus sonhos é Armando Monteiro ser governador de Pernambuco”, respondeu.

Uilson disse que na última semana voltou a ser assediado. Desta vez, um representante da Fundarpe ligou para o gestor dizendo que Paulo Câmara ia mandar dinheiro para a realização do São João no município.

“Na sexta passada recebemos uma ligação da Fundarpe. E observamos a preocupação deles, dizendo que nós de Camocim de São Félix iríamos receber dinheiro para fazer o São João, do candidato deles. O que nós sabemos é que este rapaz vai ser candidato e não que ele é governador para mandar dinheiro para canto nenhum. Camocim vai receber dinheiro do Estado porque é polo e, assim como os outros polos, Camocim também tem direito de receber”, afirmou Uilson.

Crédito da foto: Léo Caldas/Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário