Pages

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Feira comemorou o Dia Mundial da Saúde, nesta segunda (7)

No Dia Mundial da Saúde, comemorado nesta segunda-feira (7), a Secretaria de Saúde e a de Assistência Social, em parceria com o Serviço Social do Comércio (SESC), ofereceu gratuitamente a população de São Lourenço e de cidades vizinhas 23 tipos de serviços para promover a qualidade de vida. O projeto, em sua segunda edição, já consagrado como Feira de Saúde, Bem Estar e Cidadania, teve como público-alvo os adultos e idosos. Até o início da tarde desta segunda, a expectativa era a de que mais de 600 pessoas receberiam as orientações, número que é o dobro do ano passado.
Para o secretário de Saúde, Dr. Cláudio Falcão, a ação é muito importante para alertar as pessoas. “Esse evento chega para conscientizar a população, principalmente, sobre as doenças cardiovasculares, as que mais causam mortes no mundo. Para prevenir, estamos oferecendo entre os serviços teste da dosagem de glicose e colesterol”, afirmou. Ainda de acordo ele, a feira traz como uma das novidades o exame preventivo ginecológico, que é muito procurado pelas mulheres.
Foram oferecidos nove serviços a mais do que o ano passado, quando se tinha em exposição 14 opções. De acordo com a coordenadora do SESC, Ladjane Carvalho, a população contou, até às 15 horas, com os exames de glicose, colesterol e prevenção, aferição de pressão, dicas de higiene bucal com o uso do escovódromo, vacinação de hepatite B e tríplice viral, informações sobre DST/HIV/AIDS, orientação nutricional e teste de hanseníase.
Além disso, também foram disponibilizados cortes de cabelo e escova, dicas de higiene para pele, orientação sobre o programa Bolsa Família, emissão da carteira do idoso, informações sobre o Centro de Referência de Assistência Social, orientação sobre os serviços de saúde fornecidos na UPA, Programa Pronatec, informações sobre o uso consciente da água (Compesa) e os benefícios previdenciários, e oficina de prevenção e combate ao mosquito da dengue.
“Saber que estamos oportunizando as pessoas estes serviços para gerar mais qualidade de vida é muito importante para nós”, disse Carvalho. A moradora da Vila do Reinado, Antônia Magalhães, de 73 anos, realizou o exame de glicose e considerou boa a ofertas dos serviços. Participando da limpeza de pele, Gisele Rangel, de 29 anos, que reside em Umuarama, também concordou sobre o benefício da feira. “É a primeira vez que participo desse encontro. É muito bom, e importante para nós, ter esses serviços gratuitamente, principalmente para alertar sobre as doenças”.

Fonte: Redação-SECOM.

0 comentários:

Postar um comentário