Pages

terça-feira, 3 de junho de 2014

Aula inaugural do Pronatec reuniu 400 estudantes

Auditório lotado, muita animação e expectativa. Assim foi marcada a aula inaugural do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), realizada na noite da última segunda-feira (2), no Cine Royal, Centro de São Lourenço da Mata. O evento, que reuniu mais de 400 pessoas, teve como objetivo acolher e sensibilizar os beneficiários, apresentando as oportunidades que o programa irá acrescentar em suas vidas profissionais.
Na ocasião, compuseram a mesa de abertura a secretária de Trabalho e Qualificação Profissional, Edízia Medeiros, a Secretária de Assistência Social, Marineide Pereira, a coordenadora do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (ACESSUAS) da Assistência Social, Jéssica Alline, o diretor do Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas (CODAI), Juarez José Gomes e o representante da Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família, Rogério Marques.
Após desfazerem a mesa, Jéssica apresentou o ACESSUAS, e Juarez exibiu um pouco sobre o Pronatec, adiantando que um novo subprograma irá incorporar o programa. “Estamos aqui dando a oportunidade de formamos pessoas e garantir o direito de todos se incluírem socialmente no mercado de trabalho. E gostaria de adiantar que, em breve, iremos implementar um novo subprograma ao Pronatec no município, o Mulheres Mil, voltado à mulheres de baixa renda e situação de vulnerabilidade social”, revelou.
Segundo Edízia Medeiros, esse foi um momento de integração. “Essa é uma oportunidade de apresentar aos alunos o programa em um momento de integração. Queremos aqui capacitar para dar cidadania e dignidade a essas pessoas, para que elas possam se preparar cada vez mais na trajetória profissional que cada um escolher seguir. E dizer que iremos ampliar o número de vagas para as próximas turmas devido a grande procura”, explica.
Já para Marineide Pereira, a aula inaugural veio apresentar com entusiasmo o sucesso que será os cursos. “Ver a casa lotada assim mostra uma garantia que estamos oferecendo o melhor para esses alunos, e tenho certeza de que eles irão sair ao final dos cursos qualificados para ingressarem no mundo do trabalho e do empreendedorismo”, enfatizou ela.
A aluna matriculada no curso de espanhol básico, Gianne Paulina, comentou sobre sua expectativa. “Estou achando ótimo aprender um novo idioma, uma nova cultura, para assim ter uma melhor oportunidade no mercado de trabalho”, disse.
O programa, que foi realizado pela primeira vez no município em conjunto com as pastas de Trabalho e Qualificação Profissional e Assistência Social, disponibilizou para esse semestre mais de 400 vagas, distribuídas em 15 cursos, que serão ministradas no CODAI e na Escola Estadual Conde Pereira Carneiro, com duração de três meses cada.
Fonte :Redação-SECOM.

0 comentários:

Postar um comentário