Pages

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Inicio da operação do BRT ganha destaque na ALEPE


O deputado estadual Vinícius Labanca afirmou, na tarde desta segunda-feira, durante a sessão da ALEPE,que o início da operação dos ônibus BRT, no Recife, representa uma importante mudança no sistema de transporte coletivo na cidade. O parlamentar chegou à esta conclusão depois que participou, na última quinta-feira, de uma viagem experimental, organizada pela MobiBrasil. O diretor - executivo da empresa, Alexandre Barros, convocouo parlamentar para conhecer o funcionamento do novo modelo, que é referência nos estudos sobre mobilidade urbana. Ao lado do vice-prefeito de São Lourenço da Mata, Gino Albanez, e do prefeito de Camaragibe, Jorge Alexandre, o deputado participou de uma viagem até o Museu da Abolição. As duas cidades serão beneficiadas diretamente pelo projeto de implantação do BRT.

De acordo com Alexandre Barros, aRegião Metropolitana do Recife contará com 100 ônibus biarticulados, que cumprirão o percurso do Corredor Leste/Oeste através de uma faixa exclusiva. O passageiro, para ingressar no coletivo, deverá efetuar o pagamento do bilhete previamente, do lado de fora do veículo. O embarque e desembarque serão feitosnos pontos de ônibus erguidos em modelo de plataformas. Toda a frota BRT será climatizada. Os usuários contarão com 22 estações durante todo percurso, que vai do Terminal Integrado de Camaragibe até ao Bairro do Derby, no Recife.


“Hoje, tenho certeza de que estamos dando um importante passo na solução dessas questões de mobilidade. O sistema BRT sozinho não é a resposta completa, mas é o início de um conjunto de ações para resgatar a qualidade de vida do recifense, tornar realidade um projeto de cidade voltada para o povo, com produtividade e com mobilidade eficiente. Estamos em busca de fazer com que o cidadão pernambucano se sinta confortável, seguro e consiga se deslocar pela cidade com qualidade”, disse o deputado, em discurso no plenário. 

Fonte :Gabinete do Deputado Vinícius Labanca (PSB)
Assessoria Parlamentar

0 comentários:

Postar um comentário