Pages

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Eduardo Campos é o governador com a segunda melhor avaliação do Brasil

Eduardo Campos tem a aprovação de 58% dos pernambucanos. Foto: Breno Fortes/CB/D.A Press (Breno Fortes/CB/D.A Press)
Eduardo Campos tem a aprovação de 58% dos pernambucanos. Foto: Breno Fortes/CB/D.A Press
O governador Eduardo Campos (PSB), virtual candidato à Presidência da República nas eleições de 2014, tem a segunda melhor avaliação entre os governadores brasileiros. Segundo a pesquisa Ibope/CNI, divulgada nesta sexta-feira (13), o pernambucano aparece com 58% de aprovação junto à população do estado. O primeiro na lista é o governador do estado do Amazonas, Omar Aziz (PSD), com 74% de aprovação.

Apesar da posição de destaque, Eduardo Campos já liderou a pesquisa. Em junho deste ano, o socialista figurava como o mais avaliado do país, com 58% da população considerando sua avaliação ótima ou boa. O governador, mesmo perdendo a liderança, manteve o índice.


Na pesquisa divulga nesta sexta-feira, o governador Tião Viana (PT), do Acre, ocupa a terceira colocação no índice, com 55% de aprovação. As piores avaliações estão concentradas nos estados do Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Amapá e Rio de Janeiro.

Liderando o “índice negativo”, apenas 7% da população considera o governo de Rosalba Ciarlini (DEM) como ótimo ou bom. No Distrito Federal, o governo de Agnelo Queiroz (PT) aparece com apenas 9%. Os governadores do Amapá, Camilo Capiberibe (PSB), e do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), aparecem empatados com 18%.

Confiança em alta
O levantamento mostra que o governador do Amazonas também está em primeiro lugar em confiança da população, outro indicador importante de popularidade. O percentual de confiança em Omar Aziz é de 75%.
O governador Eduardo Campos também pontua positivamente neste quesito. O socialista empata com o governador Tião Viana com 66%. Os menores graus de confiança da população nos governadores estão no Rio Grande do Norte, com 11%, no Distrito Federal, com 13%, no Amapá, com 25%, e no Rio de Janeiro, com 28%.
O estudo, que avalia a popularidade dos governadores de 26 estados e do Distrito Federal, ouviu 15.414 pessoas com mais de 16 anos em 727 municípios. A margem de erro também é de 2%.
Fonte::Diario de PE.

0 comentários:

Postar um comentário