Pages

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Humberto Costa defende vinda de médicos estrangeiros para garantir assistência médica

Maioria dos participantes defenderam o programa Mais Médicos


Conforme o parlamentar, a questão emergencial é assegurar que o país conte com maior número de médicos, mesmo trazendo profissionais do exterior. No entender do parlamentar,  ficou provado no processo de recrutamento lançado pelo governo que não há médicos dispostos a trabalhar nas cidades onde há carência de profissionais. Assim, seria ilógico revalidar diplomas obtidos fora do país, já, que, de posse desse documento os médicos poderiam legalmente atuar onde quisessem - e não nas áreas apontadas pelo governo como as mais necessitadas.
O governo está tomando as medidas corretas com para suprir as necessidades na área do atendimento médico, segundo afirmou o senador Humberto Costa (PT-PE), ex-ministro da Saúde, durante debate realizado pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) sobre o programa Mais  Médicos.
Humberto Costa chamou atenção para o fato de que, enquanto não se forma mais médicos, é precisa atender as pessoas que carecem de assistência médica no Norte e no Nordeste e ressaltou que o governo não está trazendo médicos especialistas.
– Está trazendo profissionais para o atendimento básico no saúde da família – frisou o senador.
Mas, para Humberto Costa, o menos importante do Programa Mais Médicos é a vinda de médicos estrangeiros. Ele destaca que pela primeira vez haverá um planejamento de profissionais da área no Brasil.
Fonte :Agência Senado

0 comentários:

Postar um comentário